quarta-feira, 29 de agosto de 2012

Cuidados na hora de vender um imóvel sem corretor


As redes sociais e os sites especializados em compra, venda e aluguel de imóveis têm encorajado diversas pessoas a comercializarem seus imóveis sem o intermédio de um especialista. Mas quais as vantagens e desvantagens de se aventurar nesse tipo de negociação sozinho?

Publicidade

O Corretor de Imóveis recebe uma comissão que varia de acordo com o valor da transação.

"O preço de tabela da comissão das imobiliárias para a venda de um imóvel urbano novo ou usado varia entre 6% e 8% do valor da propriedade. Se o imóvel for vendido por R$ 100 mil a comissão mínima será de R$ 6 mil", explica o advogado imobiliário Carlos Samuel de Oliveira Freitas.

Entre as desvantagens enumeradas pelo especialista estão maior espera para negociar o imóvel, menos possibilidade de visualizações, riscos ao receber pessoas estranhas para visitar o imóvel sem a presença de um corretor e dificuldades com a parte burocrática e com a documentação. O Corretor ou Imobiliaria investe em propaganda e divulga os imóveis em sites, jornais, revistas, email dentre outras formas de divulgação.

"A falta de experiência no mercado imobiliário pode colocar a negociação em risco", alerta Freitas. "A contratação de uma administradora de bens agiliza a venda do imóvel e garante segurança para quem vende e para quem compra o bem. Além disso, as empresas do ramo contam com profissionais experientes e que sabem como proceder, evitando prejuízos ou transtornos."

O Blog Corretor e Mercado aconselha os proprietários de imóveis sempre contratar um Corretor de Imóveis credenciado pelo CRECI de seu estado. Este profissional esta habilitado a avaliar e divulgar o seu imóvel para uma negociação saudável e segura.

Boa Sorte

O Blog Corretor e Mercado traz informações do Mercado Imobiliário. Participe e compartilhe.

Um comentário: